sábado, 15 de Novembro de 2008

"Falsa Costura Francesa" - como fazer?

 

As semanas passam num instante e teoricamente já devia ter este projecto terminado, mas tenho um deadline... Dia 07/Dez!

Uma das minhas melhores amigas vai casar e quis ela que eu eu tivesse um papel de grande responsabilidade: vou cantar na igreja, na entrada da noiva - In The Arms Of The Angel de Sarah McLachlan.

Confesso que foi com enorme surpresa que recebi este convite e até fiquei bastante comovida e muito contente. Será uma honra poder "brindar" os noivos com esta  lindíssima canção escolhida por eles.

 

Mas voltando às técnicas aplicadas, como não sei o termo técnico para esta costura coberta, resolvi charmá-la de "Falsa Costura Francesa" (False French Seams), porque o resultado é semelhante, só que fica com um pesponto paralelo.

 

Une-se as peças, direito com direito (o normal) e apara-se uma das costuras para a largura pretendida aprox. 0,50cm - 0,70cm. A outra costura deverá ter três vezes a largura, ou seja, aprox. 1,50cm - 2,10cm.

DSC02127DSC02128

 

Com o auxílio de alfinetes, cobrir a costura aparada a 0,50 - 0,70 e alinhavar.

DSC02131DSC02130

 

Coser junto à extremidade e paralelamente ao 1º pesponto (tive algumas dúvidas sobre se havia de cobrir de forma a coser exactamente sobre o 1º pesponto ou coser paralelamente, mas acho que esta última é a forma correcta).

DSC02267DSC02267_2

 

E eis o resultado da costura horizontal da cintura, também já fiz nas mangas/cavas, aparando a 0,70cm os valores de costura das mangas e cobrir com os valores da cava (na foto ainda não estava aplicado). Esta técnica aplicada às mangas/cavas é um pouco mais difícil, mas fica com um lindíssimo acabamento.

DSC02268DSC02269

Nota: Podem ver nas fotos os machos colocados na zona das pinças e ao meio das costas (e laterais). Com receio de criar demasiado volume porque a organza tende em armar, coloquei os machos com 4,00cm de largura total, mas cheguei à conclusão que poderia ter deixado mais fundura.

 

Mudança de planos...

Em vez de colocar vistas ao longo das orlas de decote e bainha, pensei que a forma mais fácil e rápida de fazer estes acabamentos seria comprar uma fita de viés (inicialmente de organza) e debruar. Fui à retrosaria e encontrei esta fita de debruar em cetim...e fiquei rendida aos brilhos.  Acho que é uma excelente opção para o acabamento e para fazer as tirinhas para os nozinhos.

DSC02270DSC02271

 

Desde projecto, que é composto por jaqueta, flor, cinto e malinha de organza, só estão em falta os acabamentos da jaqueta e fazer o cinto/faixa. A malinha também está feita mas acho que precisa daqueles "toques especiais", porque está muito sóbria e demasiado simples (e é!), portanto vou "dar asas à minha imaginação" e criar algo de ...

...bem... ainda não sei...mas este fim-de-semana vou pensar e inspirar-me!

 

Fiquem então a aguardar as novidades e, "nos entretantos", outras mais novidades tenho para vos mostrar!

 

Até lá!

8 comentários:

Laila disse...

Ana, bem trabalhoso, não?
Mas a fita de cetim ficou maravilhosa, vc fez uma boa troca.
Estou curiosa com relação à "malinha"'.
Bjs

Ana'scloset disse...

Grandes progressos e optimos incentivos para que fique tudo perfeito!
Continuação de bom trabalho!

Beijinhos

Saionara/Brasil disse...

Bom dia, Ana, achei muito interessante essa costura falsa, mais acho que dá mais trabalho, em relação a original, não e?
Mais o que vale é o resultado....
Pois está ficando muito fofa a peça e estou curiosa com a malinha..!A Fita é muito linda, você tem bom gosto.

Bjos...

Tany disse...

Excelente explicação e adorei a ideia da fita de cetim. Resolve-te o problema das vistas e ainda dá valor acrescentado ao design da peça! Este conjunto vai ficar fabuloso!

Beijinhos!

Ana Carina disse...

Olá,

Finalmente com algum tempo para responder a algumas das vossas questões, mas primeiro agradeço os comentários.

Laila: A malinha é muito simples, nada comparada com aquela que fizeste, até porque a organza e cetim que tenho não dão para uma mala muito elaborada. Assim que estiver pronta (com os tais detalhes) mostro-a.

Ana's Closet: Os progressos são a passo lento...neste momento da minha vida assim tem de ser, mas o que interessa é que fique pronto a horas e bem feito.

Saionara/brasil: Tens razão! Esta costura dá um pouco mais de trabalho a executar porque envolve ter de cobrir e alinhavar, mas mas as mangas/cavas tem de ser ou então, debruar com fita em viés do mesmo tecido (também era outra alternativa).

Tany: O tempo é curto e as vistas realmente iriam roubar-me imenso tempo. Foi um solução "escape" confesso, mas será bem mais rápido e também fácil debruar com fita de viés. Espero que fique bem!

Beijinhos a todos e obrigado

Margarida's School disse...

Visite a retrosariafantasia.blogspot.com e vai delirar com o que lá encontrar...

Tatiana Konorat disse...

Parabéns pelo excelente blog!

Posso usar costura francesa nas penses? Como se faz?

Como ficam as penses no tecido transparente?

Obrigada!

Ana Carina disse...

Olá Tatiana,

Obrigado pela visita!

Estamos a falar das pinças do peito?

A costura francesa não dá para ser usada em todas as costuras. Só aquelas que são rectas (ou ligeiramente arredondadas).